VOCÊ SABE O QUE É AUDITORIA CONCORRENTE?



Este tipo de auditoria tem sido cada vez mais praticada como forma de analisar as contas médicas previamente. A auditoria concorrente é um acompanhamento contínuo das hospitalizações e tem como foco: custos e a qualidade dos serviços prestados.


No primeiro momento, o auditor faz a reavaliação da necessidade da internação, porém realizando uma observação direta e entrevistando o paciente. Em seguida, acompanha a realização de procedimentos, diagnósticos e terapias, inclusive os cuidados recebidos pelos pacientes; observa as evoluções médicas, os prontuários com as prescrições e anotações de enfermagem; acompanha a necessidade de prorrogações ou de alta, discutindo o caso com o médico assistente.


A atuação do auditor no ambiente hospitalar tem como principal objetivo intervir com efetividade nos custos das internações, promover correções e ajustar diárias pagas sem a devida necessidade em alguns casos, sendo eles:

  • Suspensão ou morosidade na realização de cirurgias;

  • Não-comparecimento do médico para realização da evolução, prescrição ou conceder alta ao paciente;

  • Realização de exames pré-operatórios;

  • Outros procedimentos que poderiam ser realizados no ambulatório e que estariam gerando custos maiores.


É parte do trabalho do auditor que realiza a auditoria concorrente, analisar as intercorrências solicitadas, autorizando de acordo com a compatibilidade do quadro clínico do paciente e sua real necessidade. Este auditor deve manter contato constante com o médico assistente.


A auditoria concorrente também é um fator de controle de parâmetros éticos e técnicos do tratamento. Por estar dentro do hospital, o auditor tem a possibilidade de autorizar exames ou procedimentos, evitando assim, que familiares do paciente precisem se deslocar até a unidade hospitalar para a obtenção de autorização ou a retenção de caução prévia no recurso hospitalar.


Este tipo de auditoria demonstra a sua importância ao permitir que a autorização seja concedida de forma completa e com o máximo de informações possíveis, pois a falta de transparência no processo atrasa as decisões e eleva o tempo de internação, aumentando consequentemente os custos, penalizando o beneficiário e reduz significativamente o índice de glosas.

Aprenda mais sobre auditoria em nosso Curso Online Ao Vivo de Auditoria e Faturamento em Saúde Suplementar. Saiba mais clicando aqui!

Posts recentes

Ver tudo